Camila Souza. Tecnologia do Blogger.

Tem mulheres que não tem vocação pra ser dona de casa


Olá!!!

O tema de hoje: "Tem mulheres que não tem vocação pra ser dona de casa"... E daí?

Gente, esse tema tá me pertubando faz tempo, mas estava sem tempo pra fazer um post bem legal... Eu mesma, amo ser dona de casa, mas sei que tem muita mulher que não!

Detesto, do fundo do meu coração, quando vejo uma mulher falando da outra, tipo: "A casa de fulana é suja", "Fulana não sabe cozinhar", "A pia de fulana só vive cheia de pratos pra lavar". 

Aff!

Pra mim isso é coisa de gente mau amada!
Quem é amada, não perde seu precioso tempo, reparando se a casa da vizinha está lustrando, brilhando. Só acho!



Serviço doméstico é chato, pesado e na grande maioria, não é remunerado, então e daí se fulana não gosta de ser dona de casa, não gosta de plantas, não gosta de cozinhar, nem de frescurices.  

Resolvi falar sobre isso, por que vejo muitas mulheres sofrendo desse mal: Ser obrigada a ser dona de casa e sendo criticada por outras mulheres. 

Não vejo ninguém falar: "O marido de fulana é preguiçoso", "O marido de fulana é um encostado", "O marido de fulana é um come e dorme" e olha que vejo muito homem casado assim... Alguns nem trabalham, são sustentados pela mulher.



Hoje em dia é o que mais se vê por aí: As mulheres trabalhando duro, sendo o homem e a mulher da casa e por mais que a mulher trabalhe fora, sempre lhe resta alguns afazeres domésticos no final do dia.

Eu vejo é que os homens tem direito a "tudo", o menino quando nasce, ele cresce tendo a opção de escolher ser um advogado, médico, professor... O menino é educado "na maioria das casas" a não fazer nada, passar o dia assistindo TV, jogando bola e etc. 



Falo isso com ganho de causa, pois meu marido, quando éramos namorados, eu já trabalhava de carteira assinada, enquanto ele acordava de meio dia e passava o dia assistindo desenho animado. Quando eu o conheci ele já tinha 20 anos e fui eu quem incentivei ele a trabalhar, se dependesse da mãe dele, ele ainda estaria lá no sofá. Quando resolvemos nos casar ele já estava com 24 anos e a mãe dele alegava que ainda era muito cedo, "que ele era muito novo pra casar". 

Eu desde cedo aprendi a fazer artesanato e me virar pra conseguir dinheiro pra comprar algo de minha necessidade. Cansei de ter que pedir ao meu pai dinheiro e ter que dizer pra quê era... morria de vergonha quando pedia dinheiro a ele pra comprar meu absorvente e ele perguntava: Quer dinheiro pra quê? e eu tinha que dizer que era pra comprar meu absorvente, achava isso uma humilhação.



Enquanto a menina desde pequena é educada pra ser: Mãe e dona de casa, com os meninos acontece ao contrário... a mãe ensina a menina a lavar os pratos, varrer a casa, forrar as camas, cozinhar e ninguém lhe pergunta se ela gosta de fazer isso, simplesmente ela tem que fazer... 

Ou seja, as meninas não tem escolha, mesmo que não goste daquilo, tem que fazer. E mesmo que depois venha exercer uma profissão, e trabalhar fora, ela terá que acumular mais uma função: Dona de casa e sem remuneração.



Eu sei que os homens trocam as lâmpadas, consertam um vazamento na pia, lavam suas cuecas... Êpa, peraí, nem sempre, a maioria deles não fazem nada disso porque seu pai não fez questão de lhe ensinar que "isso é coisa de menino" e também sua mãe ainda não enxergou que ele já é bem crescidinho e pode ele mesmo lavar sua cueca, como faz com a menina, ensina logo cedo ela lavar sua calcinha. Vejo que isso é motivo de muita discussão nos casamentos.  

A mulher não pode deixar de colocar a roupa na máquina, de fazer a comida, de lavar os pratos, mais os homens podem sim, não fazer nada e ainda não tem ninguém para lhe criticar, a maioria só faz o que quer mesmo e quando quer! Ninguém tá nem aí pra isso.




Eu gosto de cuidar da minha casa, de fazer mimos para o lar, de agradar meu marido, mas isso É OPÇÃO MINHA, eu não trabalho fora porque não quero e acho muito injusto para as mulheres que trabalham fora, ao chegar do trabalho se depararem com uma pia cheia de pratos pra lavar, jantar pra fazer e filhos pra cuidar e ainda o mundo "As mulheres" pra lhe criticar.

Então deixo uma dica: Se você quer um marido melhor, eduque melhor seu filho, o eduque como se você estivesse educando seu próprio marido, aí sim a vida de muitas mulheres vai melhorar. Precisamos de melhores filhos para termos melhores maridos! Só acho!

#ProjetoEnxovalNovo

O tapete das fotos que vocês estão vendo, eu fiz para meu projeto enxoval novo, se quiserem conhecer mais sobre o projeto é só acessar a Tag Projeto: Enxoval Novo e ver o que já está pronto.



#Sorteio

Quer ganhar essa linda caixinha?
Em meu outro blog K&S, tá rolando um sorteio rumo a 1.000 seguidores, quem quiser e puder, deem uma passadinha lá pra participar, eu vou adorar! 



#Instagram

Gente, nem tudo que acontece eu posto aqui no blog, mas se quiser ver mais coisas do meu dia a dia, me segue lá no instagram, lá eu posto fotos diariamente.



Voltamos a pedalar!

Desde dezembro do ano passado que estávamos parados, mas semana passada já voltamos a pedalar, afinal temos que cuidar da saúde.

Eu não pedalo por questão de estética, não dou muita atenção a isso, eu pedalo por questão de saúde mesmo, tenho problema com a circulação do sangue e minha perna incha se eu não me movimentar.



Aqui as férias e o verão está com tudo, muita praia, sol, mar, caranguejo, guaiamum, passeios... Sou suspeita pra falar, adoro o mar, o verão, relaxar! 

Por hoje, fico por aqui!
Um xeru, da
Menina Prendada

8 comentários:

  1. Oi Sandra
    Acho que ainda persiste muito machismo,e também muitas sogras que são carentes e querem os filhos na barra da saia delas, e aí mima demais e estragam, futuros homens que serão pais de familia, e que só o futuro falará que pais de familia serão.Eu também adoro pedalar, mas aqui é muito movimentado e não tem lugar apropriado para andar de bicicleta.

    beijinhos

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sobre sogras, nem me fale amiga, tenho uma que só Jesus pra me ajudar, ela fica só esperando um deslize meu, pra falar que não sei cozinhar, que não sei ser dona de casa e blá, blá, blá, as vezes fica difícil nossa relação até com o marido por causa dessas sogras problemáticas... Pelada é bom mesmo e aproveito que por aqui ainda dá pra fazer isso. Um xeru!

      Excluir
  2. Concordo com você, infelizmente ainda vivemos em um mundo machista.
    Mas se cada um fizer a mudança agora, quem sabe nossos filhos não terão um mundo melhor? !
    Se exercitar faz um bem danado para tudo!
    Caranguejo... Há muitos anos atrás eu comi Siri, tem tanto tempo que acho que nem lembro mais do sabor.

    Bjão, tem post novo no meu cantinho.
    www.imell30.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o que acho, se educarmos melhor nossos meninos, no futuro teremos melhores homens, melhores maridos, se ficar do jeito que tá, é bronca... Tem que pedalar muito durante a semana, pra no final de semana comer essas coisas (rsrsrs). Um xeru!

      Excluir
  3. Concordo com você, infelizmente ainda vivemos em um mundo machista.
    Mas se cada um fizer a mudança agora, quem sabe nossos filhos não terão um mundo melhor? !
    Se exercitar faz um bem danado para tudo!
    Caranguejo... Há muitos anos atrás eu comi Siri, tem tanto tempo que acho que nem lembro mais do sabor.

    Bjão, tem post novo no meu cantinho.
    www.imell30.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Gosto disso!
    Ler textos que foram escritos com garra.
    Infelizmente, muitos pais modernos não sabem educar seus filhos.
    Pensam que as avós e professoras é que possuem essa obrigação, quando na verdade, é dever dos pais.
    Praia, pedalar, artesanato, quanta coisa boa, hein?
    O jeito é aproveitar tudo sem medo de ser feliz!

    Linda semana!

    Bjksss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo, os pais modernos estão esquecendo que educação vem de casa e são os pais que devem dar a seus filhos... Então, tô como pedi a Deus! Um xeru!

      Excluir
  5. Oi Sandra, é a Vi,isso é da nossa cultura, pois nos EUA as crianças, independente do sexo tem deveres dentro de casa; aqui, usava a desculpa que o menino ia ficar afeminado; hoje ficou comprovado que não era ajudar na organização da casa que leva a pessoa ter outra orientação sexual, mas com certeza essa teoria gerou uma geração de homens preguiçosos, acomodados, alguns beirando a inutilidade, ficando dependentes da mãe eternamente.
    Não se incomode com as criticas, sempre tem gente para dar pitacos, mas para pagar uma conta sua, ninguém aparece.
    Beijos,Vi

    ResponderExcluir

Adoro quando recebo uma visita!

I Love Blogs

Blogs de Casamento

Blogs que me inspiram

Menina Prendada Copyright © 2013 - Designer by Papo Garota,Programação Emporium Digital