Gratidão a Deus

Quando a sombra da tristeza 
Cobrir seus olhos de ventura
Quando você quiser chorar
Diante da taça da amargura
Quando a dor bater à porta
Ferindo bem fundo o coração
Quando a esperança é morta
E a vida amarga ilusão.

Olhe para trás
Veja quanta dor
Súplica de paz
Clamando amor
Olhos sempre em trevas
Mãos mendigam pão
Bocas que não falam
E risos sem razão.

Deixe de chorar, volte a sorrir
Você é tão feliz, volte a cantar
Faça uma prece, seja grato a Deus
Ele sempre abençoa os filhos seus.
 (Autor desconhecido)

Gente, não sei quem escreveu esse lindo poema, mas com certeza é uma pessoas muito inspirada por Deus.


Menina Prendada

*Imagens da net (se você for o dono da foto, me avisa).

Deixe um comentário

Adoro quando recebo uma visita!